Quarta, 19 Junho 2019

CIDELÂNDIA: CONFERÊNCIA REÚNE GOVERNO E POPULAÇÃO PARA DEBATEREM PROPOSTAS À SAÚDE

  

Democracia e Saúde: saúde como direito e consolidação do povo cidelandense

  

Previous Next

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

A XI Conferência Municipal de Saúde de Cidelândia aconteceu nesta quinta-feira (25), na Unidade Integrada Ezequiel Garcia. Durante todo o dia, servidores da Secretaria Municipal de Saúde, da Prefeitura, representantes de associações, sindicatos, vereadores, autoridades políticas e religiosas da localidade e dos municípios que compõem a Regional de Açailândia estiveram presentes na Conferência discutindo os rumos da saúde de Cidelândia para os próximos quatro anos. 

Aberta oficialmente pelo prefeito Fernando Texeira e pela secretária de Saúde, Socorro Costa, - os anfitriões da Conferência, receberam os secretários de saúde de Buriticupu, Elias Rocha; de Vila Nova dos Martírios, Jane Cruz; de São Francisco do Brejão, Denyse Caroline e de São Pedro da Água Branca, Gilvan Alves. Além de outras autoridades, como o vice-prefeito de São Pedro da Água Branca, Gildeon Santos, e o comandante do 32° Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Renato.

Fernando Teixeira, em sua fala, destacou os esforços dos envolvidos na organização do evento e ressaltou que o município vem trabalhando para oferecer uma saúde pública de qualidade aos munícipes. Já Socorro Costa, discorreu sobre os trabalhos da administração e de sua equipe para estabelecer serviços de qualidade para o município e a necessidade do envolvimento da população nas ações que visam melhorias no setor. “Hoje é um momento de discussão de políticas públicas do nosso município. Abre-se a oportunidade para a população. Neste momento a gente deixa de lado questões políticas, questões pessoais e busca políticas coletivas que venham favorecer toda a nossa comunidade”. 

O secretário de Saúde de Buriticupu e coordenador da Comissão Intergestora Regional, Elias Rocha, focou sua fala para a grande dificuldade que os municípios passam hoje que é a redução no repasse de recursos, aumento da população e aumento da demanda de serviços. "Procuramos atender as necessidades, mas muitas vezes, os recursos não são suficientes. E o tema desta conferência, que justamente é Democracia e Saúde, traz à tona o debate e por isso é oportuno falarmos sobre a aplicação desses recursos, de financiamentos que podem contribuir para que tenhamos uma saúde cada vez melhor e de projetos que vão ao encontro das necessidades da população”, pontou o coordenador.

Após as falas, os trabalhos passaram à coordenação de Matheus Sousa, que procedeu a leitura do regimento, bem como a sua aprovação e a elaboração pelos grupos das propostas da sociedade que seguirão à conferência estadual.

A palestra com o tema “Saúde como Direito” e sob a responsabilidade do Dr. Amadeus, foi o ponto máximo da Conferência, pois trouxe à luz do direito o que a população precisa saber como forma de garanti-lo.

No final do dia, houve a plenária para aprovação das propostas e ainda a escolha de integrantes do novo Conselho Municipal de Saúde.

Cidelandia

Construindo um novo tempo!

Previsão do tempo